Marca do CREA-PA para impressão
Disponível em <https://creapa.org.br/crea-pa-adere-ao-programa-nacional-de-combate-a-corrupcao-do-tcu/>.
Acesso em 14/07/2024 às 01h01.

CREA-PA adere ao Programa Nacional de Combate à Corrupção do TCU

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (CREA-PA) tem se destacado pelo seu compromisso com a transparência e a integridade no exercício das atividades profissionais. Recentemente, o CREA-PA aderiu ao Programa Nacional de Combate à Corrupção do Tribunal de Contas da União (TCU).

2 de abril de 2024, às 12h48 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (CREA-PA) tem se destacado pelo seu compromisso com a transparência e a integridade no exercício das atividades profissionais. Recentemente, o CREA-PA aderiu ao Programa Nacional de Combate à Corrupção do Tribunal de Contas da União (TCU), demonstrando seu comprometimento em promover uma gestão ética e responsável.

Durante a última reunião de Colégio de Presidentes realizada nos dias 26 e 27 de fevereiro, em Fortaleza-CE, o secretário do Tribunal de Contas da União (TCU) em Sergipe, Jackson Luiz de Araújo, ressaltou que a adesão é simples, enfatizando sua abordagem preventiva e a importância da interação entre os Conselhos Regionais e o Conselho Federal, visando coordenar a implementação das ações de prevenção à corrupção.

 

Secretário do Tribunal de Contas da União (TCU), em Sergipe, Jackson Luiz de Araújo, com a presença da Presidente Adriana Falconeri e comitiva do CREA-PA.

 

A adesão ao Programa Nacional de Combate à Corrupção do TCU representa um marco importante para o CREA-PA, pois reafirma seu compromisso em seguir as melhores práticas de governança e combater qualquer forma de desvio ético ou irregularidade. Por meio dessa iniciativa, o CREA-PA fortalece sua atuação como órgão fiscalizador e promotor da ética e da transparência nas áreas da engenharia, agronomia e geociências.

 

Tela da Rede de Controle da Gestão Pública.

 

De acordo com a presidente do CREA-PA, Eng. Civil Adriana Falconeri, a adesão é uma iniciativa de extrema importância para o CREA-PA. “Ao nos comprometermos com o Programa, reforçamos nosso compromisso com a transparência, ética e integridade em todas as nossas ações. Acreditamos que a prevenção e combate à corrupção são fundamentais para fortalecer a confiança da sociedade em nossas instituições e garantir a lisura e eficiência na gestão dos recursos públicos. Estamos empenhados em seguir as diretrizes do TCU e contribuir para um ambiente cada vez mais íntegro e responsável”, disse.

 

Presidente do CREA-PA, Eng. Civil Adriana Falconeri.

 

O programa do TCU oferece diretrizes e orientações para que os órgãos participantes implementem medidas eficazes de prevenção e combate à corrupção, incluindo ações de capacitação, transparência na gestão pública, controle interno e externo, além de incentivos para o desenvolvimento de uma cultura organizacional pautada pela integridade e pela ética.

Sobre o PNPC:

O Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC) é o mais abrangente programa de incentivo às organizações públicas brasileiras para adoção de boas práticas de enfrentamento da corrupção, com ênfase nos mecanismos da prevenção. São mais de 11 mil organizações participantes de um total de 16 mil cadastradas. O ano passado foi o período de adesão das organizações, de realização das autoavaliações na plataforma e-Prevenção e de definição do marco zero, fase que indica como estão as práticas dessas organizações quanto aos mecanismos e componentes de prevenção à corrupção no ato de adesão ao Programa Nacional de Prevenção à Corrupção.

O Programa é executado pelas Redes de Controle dos Estados, com o patrocínio do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria-Geral da União (CGU) e apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Associação Brasileira de Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom), Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC) , Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Mais informações: https://www.rededecontrole.gov.br