Marca do CREA-PA para impressão
Disponível em <https://creapa.org.br/fiscalizacao-em-juruti-engenheiros-navais-desempenham-um-papel-crucial-na-concepcao-construcao-e-manutencao-de-embarcacoes/>.
Acesso em 19/05/2024 às 04h13.

Fiscalização em Juruti: Engenheiros Navais desempenham um papel crucial na concepção, construção e manutenção de embarcações

No período de 1º a 5 de abril de 2024, uma equipe de agentes fiscais composta por Francisco Fagner Fraga e José Miranda Junior realizou uma fiscalização no município de Juruti, com o objetivo de investigar o incidente envolvendo a balsa do terminal da Viação Tapajós.

17 de abril de 2024, às 11h03 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

No período de 1º a 5 de abril de 2024, uma equipe de agentes fiscais composta por Francisco Fagner Fraga e José Miranda Junior realizou uma fiscalização no município de Juruti, com o objetivo de investigar o incidente envolvendo a balsa do terminal da Viação Tapajós, que afundou, e também para inspecionar outras obras em execução na região.

Ao chegarem ao local, os agentes receberam informações de usuários do Pier de Atracação, que relataram que a balsa estava atracada quando ocorreu o incidente. As condições meteorológicas adversas, caracterizadas por fortes chuvas e ventos, resultaram na entrada de água no casco da balsa, levando-a a afundar. De acordo com relatos dos usuários, a profundidade média na área é de 18 metros, e a forte correnteza do Rio Amazonas, somada à falta de amarração da balsa a uma poita, pode ter contribuído para que ela se deslocasse para longe do porto de Juruti após o afundamento.

Esta situação levanta questões sobre a necessidade de profissionais habilitados na manutenção contínua da embarcação. Isso inclui inspeções regulares, reparos e atualizações para garantir que a embarcação permaneça operacional e segura ao longo de sua vida útil.

A investigação continua para determinar as causas precisas do incidente e para avaliar quais medidas serão necessárias para evitar ocorrências semelhantes no futuro, visando a segurança das operações portuárias e a proteção dos recursos naturais da região.